Ambientação
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.
Últimos assuntos
» Voltar com o fórum.
por DIO Sab Out 28, 2017 10:07 am

» Bardo
por Eight D. Lancelot Qui Out 19, 2017 5:52 pm

» Bárbaro
por Eight D. Lancelot Ter Out 17, 2017 11:31 am

» Lista de Poderes
por Reficul Dom Out 15, 2017 11:04 am

» Tudo sobre Poderes
por DIO Sab Out 14, 2017 11:01 pm

» [Sistema] Quests: Trama, Missões e Aventuras
por Eight D. Lancelot Qua Out 11, 2017 2:48 pm

» Perícias e Habilidades de Personagem
por DIO Seg Out 09, 2017 9:48 pm

» [Evento] Beta Tester
por Kdechi Ter Jan 31, 2017 10:03 pm

» sugestãozinha
por Weeld Dom Jan 15, 2017 3:09 am

» [Raça Mística] Elfos
por Beorn Ter Jan 10, 2017 11:10 pm

Prêmios
Nombre apellido
Mejor héroe
Nombre apellido
Mejor Villano
Nombre apellido
PJ más activo
Parceiros

Élite 0/40

Bugbears, os filhos da morte.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bugbears, os filhos da morte.

Mensagem por Loki em Qua Jul 13, 2016 2:43 pm


Bugbears, os filhos da morte.

Também chamados de goblins gigantes, os bugbears são os maiores goblinoides. E são também os mais subestimados: é senso comum acreditar que grandes humanoides são lentos e estúpidos — quanto maiores, mais lentos e mais estúpidos. Mas, quando falamos dos bugbears, nada poderia estar mais longe da verdade.
Apesar da corpulência e andar desajeitado, um bugbear é mais ágil que um humano. Move-se com destreza incrível para uma criatura do seu tamanho, preferindo ataques furtivos aos brutais. Quando você espera que ele venha rosnando a passos estrondosos para devorá-lo, o monstro já esgueirou-se pelas sombras e esmagou sua cabeça com um golpe certeiro da maça. Não é sem motivo que, quando legiões de hobgoblins falharam em vencer as defesas de Lenórienn, um bugbear solitário mostrou-se capaz de invadir a cidade élfica e raptar sua princesa!
A inteligência bugbear é igual à humana. O que muitos confundem com “estupidez” é sua violência extrema, seu ímpeto assassino; nenhum outro goblinoide é tão cruel, tão ansioso por causar dor e sofrimento, tão faminto em provar o medo. Quando um bugbear mata, ele o faz da forma mais sanguinária possível — não apenas para eliminar a vítima, mas também para levar terror a seus aliados. É comum que carreguem “troféus” feitos com partes de suas vítimas, especialmente orelhas.

Personalidade: Os bugbears são crueldade e violência em forma de carne. Sua aparência bestial combina com o temperamento, sem deixar dúvidas quanto à constante disposição de matar. Mesmo um bugbear adormecido — ou morto! — ainda parece um monstro disposto a arrancar sua cabeça!
Para o bugbear, o maior dos prazeres é aterrorizar, e o segundo maior dos prazeres é matar (após aterrorizar). Ele pode literalmente farejar o medo, algo tão intoxicante e viciante quanto o álcool para humanos. Isso leva o monstro a acuar vítimas apavoradas, incapazes de fugir ou reagir, até o momento em que decide desferir o golpe mortal. Não há prazer em golpear o guarda de milícia pelas costas, antes que ele perceba qualquer perigo; o bugbear prefere abalar a coragem da vítima aos poucos, rosnando ameaças nas sombras, fazendo-a procurar inutilmente em volta, até fugir em pânico. Então ele ataca. E mata.
E quando mata, o faz de formas tão brutais que poucos podem igualar. Triturando. Desmembrando. Estripando. Deixando o cadáver em condição tão abominável que causará pesadelos a quem o encontrar. Porque o bugbear também quer levar terror a quaisquer testemunhas de seus atos.

Aparência: Bugbears têm mais de dois metros de altura, e corpos tão volumosos que parecem em constante desequilíbrio — as pernas fracas demais para sustentar tanta massa bruta. O monstro parece sempre a ponto de desabar. Mas é simples ilusão, pois na verdade são seres de agilidade inesperada.
Como outros goblinoides, têm olhos vermelhos e pele cinzenta, mas coberta de pelagem desgrenhada. Apresentam focinho em vez de nariz, e presas que se projetam fora da boca. Não parece existir diferença visível entre macho e fêmea. Na verdade, por sua disposição para matar todo ser inteligente que encontram, muitos acadêmicos até duvidam que eles se reproduzam de forma sexuada. Existe a teoria de que eles nascem de outras raças goblinoides, por intervenção do próprio Ragnar. Outros suspeitam ser mais provável que o instinto assassino desapareça (ou fique moderado) na época do acasalamento. Outros, ainda, acreditam que um parceiro tenta matar o outro após o ato — havendo prole apenas quando a futura mãe sai vitoriosa.
Bugbears trajam armaduras manchadas de sangue. Sempre que possível vestem pele ou couro de suas vítimas. Também ostentam adereços feitos com partes de corpos, tipicamente orelhas, olhos, narizes e dedos.

Relações: Muitos acreditam que os bugbears são apenas brutos estúpidos. Essa concepção errada leva todos a temê-los (ainda que de forma errada) e subestimá-los. Ninguém tenta dialogar com bugbears, e aqueles que o fazem acreditam ser capazes de enganá-los com facilidade. Erro fatal.
Diferente de outros goblinoides, o bugbear prefere agir sozinho — ele é um matador silencioso e soturno. Na Aliança Negra, apenas o exemplo e liderança de Th wor Ironfi st leva-os a trabalhar em equipe. Em outras condições, raramente será encontrado em bandos, mesmo com outros de sua raça.
O típico bugbear atua como salteador, emboscando e matando viajantes indefesos; ou espreitando pequenas comunidades, cometendo assassinatos em série para deleitar-se com o terror dos sobreviventes. Os mais astutos atuam como matadores de aluguel.

Tendência: Assassino cruel que vive de saborear medo e morte, o bugbear é a mais perfeita personificação da tendência Caótica e Maligna. Indivíduos de outras tendências são quase inexistentes.

Terras dos Bugbears: Em Lamnor, a Aliança Negra clama todo o continente para si. Os goblins gigantes têm grande prestígio, não apenas por seu tamanho e força superiores, mas por pertencerem à raça do general.
Em outros lugares, é quase impossível para estes monstros viver em qualquer tipo de sociedade, mesmo entre os seus. Podem fazer alianças temporárias com outros humanoides para grandes matanças, mas em algum momento é quase certo que acabem traindo e matando também os parceiros.

Religião: Há quem suspeite que o instinto homicida bugbear na verdade vem de sua devoção a Ragnar, Deus da Morte e seu criador. É uma teoria bastante plausível que quase todos os membros da raça sejam seus devotos, causando medo e cometendo assassinatos em seu nome.
Mas é possível que adotem outros deuses, especialmente aqueles que oferecem poderes em troca de sacrifícios: Kallyadranoch, Keenn, Megalokk, Tenebra e outros.

Idioma A raça não tem dialeto próprio, pelo simples fato de que o bugbear padrão não tem interesse em comunicar-se com ninguém. Mas falam o idioma goblin.

Aventuras: Caçadores e predadores por excelência, sem família ou lar, alguns poderiam dizer que todo bugbear é “aventureiro” (apenas evite dizer isso na presença de qualquer herói). Em Lamnor, atuam como batedores, espiões e assassinos para a Aliança Negra. No Reinado, apenas vagam rumo à próxima vítima.
Um bugbear que vence seu ímpeto assassino para juntar-se a aventureiros será, com quase certeza, caso único em toda Arton.

Traços Raciais: • +4 Força, +2 Destreza, –2 Carisma. O bugbear é forte, e dono de uma agilidade inesperada para uma criatura tão grande. Mas, como ser solitário, não tem qualquer aptidão social.
• Um bugbear recebe Grandão como talento adicional, sem precisar satisfazer seus pré-requisitos.
• Faro. Bugbears detectam automaticamente a presença de criaturas a até 9m e recebem +4 em testes de Sobrevivência para rastrear.
• +4 em testes de Furtividade e Intimidação. Bugbears são silenciosos e sabem como aterrorizar.
avatar
Loki

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum